terça-feira, 13 de março de 2012

´Rezou à Família e foi ao Cinema´

O Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira | Programa Olhar Brasil, empenhado na sua missão de fomentar a produção audiovisual de Sergipe e em comemoração ao aniversário de Aracaju, convida a população para o lançamento do curta-metragem ‘Rezou à Família e foi ao Cinema'. A solenidade acontece hoje(13), às 19h, no Museu da Gente Sergipana. O NPD é vinculado à Prefeitura de Aracaju através da Funcaju.


O curta é resultado da oficina de Realização em Audiovisual 2011 promovida pelo NPD. Com imagens delicadas, trilha sonora essencialmente sergipana e emocionante depoimento, o documentário é um recorte da vida do ator Orlando Vieira, que dá nome ao NPD, e é um dos expoentes da sétima arte no nosso estado, tendo conquistado importantes prêmios por sua atuação em filmes como Sargento Getúlio.

A trilha-sonora foi executada pela Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE), e composta pelo maestro sergipano Muskito. O filme conta com a parceria da Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe (Secult) e da Fundação Aperipê.

O documentário, resultado da oficina e produzido por uma equipe de alunos, teve como ministrante Anderson Craveiro, responsável pela Direção de Fotografia do premiado curta Do Outro Lado do Rio. ‘Rezou à Família e foi ao Cinema' explora belas paisagens do estado como o Mosteiro de São Cristóvão, a histórica Fazenda Colégio, em Itaporanga, e a arquitetura de 1912 do Auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, em Aracaju. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário