sexta-feira, 7 de maio de 2010

Dia das Mães em Aracaju

Por Thiago Aragão
(DNT/Secom/PMA) 

Talvez se Anna Jarvis estivesse viva adoraria desfrutar das opções que a capital da qualidade de vida pode oferecer neste domingo (09), Dia das Mães. Em maio de 1905, em uma pequena cidade do Estado da Virgínia Ocidental, Anna Jarvis criou o dia para homenagear as mães. Para ela, a data tinha um significado mais que especial: homenagear a própria mãe.
 (Foto: Lízia Martins)

Pensando nisso, Aracaju oferece às mães diversos atrativos e sugestões. Você pode encontrar bordados, roupas, utensílios domésticos e, ao passear pela Passarela das Flores, levar um maravilhoso buquê de rosas e flores do campo para aquela pessoa que você ama. Essas são algumas das opções que você encontra nos mercados municipais da capital.

Mirante da 13 de Julho

Além de ser um espaço dedicado muitas vezes à prática de exercícios físicos, o Mirante da 13 de Julho é ideal para reuniões em família, para crianças se divertirem nos brinquedos e os adultos tomarem uma deliciosa água de coco. Sem falar na bela vista da avenida Beira Mar, do manguezal e perceber o quanto Aracaju tem se desenvolvido para melhor viver o aracajuano.

(Foto: Lízia Martins)

Parque da Sementeira

Que tal um piquenique? O Parque da Sementeira é o local ideal para esta programação. Em contato com a natureza, ao canto dos pássaros, as mães podem desfrutar do seu dia em um ambiente calmo e relaxante. Depois, a dica é sair para saborear um delicioso almoço na Passarela do Caranguejo. 

(Foto: Jorge Henrique)


Orlinha do Bairro Industrial

Mais uma vez, uma bela paisagem natural ao fundo, regada à degustação de uma moqueca de robalo, só que desta vez na Orlinha do Bairro Industrial. O local abriga ainda o Centro de Artesanato Chica Chaves, composto por 16 boxes com diferentes produtos (artesanatos e peças culturais). Unindo o útil ao agradável, o visitante pode aproveitar o passeio e já fazer as compras do São João. Várias barracas já exibem vestidos de chita, chapéus e outras peças caipiras, próprias para as noites dos Santos juninos.

(Foto: Lízia Martins)



Nenhum comentário:

Postar um comentário