terça-feira, 11 de maio de 2010

Lideranças Comunitárias ajudam a construir políticas públicas

 Por Elaine Mesoli
(DNT/Secom/PMA)

Atender às solicitações de todos os representantes e delegados do Orçamento Participativo é uma tarefa bastante grande. E, para ter uma visão das obras de infraestrutura que acontecem em Aracaju, pelo menos uma vez ao ano a Secretaria Extraordinária de Participação Popular (Sepp) reúne os 150 delegados do Orçamento Participativo (OP) eleitos em plenárias e os convida para a `Caravana da Cidadania´.

(Foto: Alejandro Zambrana)

Nessa Caravana, junto aos delegados vão os membros de Associações de bairro, que ajudam a Prefeitura no dia-a-dia, apontando problemas e, muitas vezes, ajudando nas soluções. Esse pessoal faz uma excursão pelos pontos de Aracaju e visitam obras de infraestrutura para que os delegados de cada região e os membros das Associações saibam o que está sendo feito em toda Aracaju. Dessa forma, a visão que se tem é uma visão global da ação da administração municipal na cidade como um todo.

(Foto: Sepp)

Debate

Até agora já foram feitas seis caravanas com cerca de 300 lideranças comunitárias que, após a visita, se reúnem para que seja debatido o que foi visto. O secretário de Participação Popular, Rômulo Rodrigues, percebe haver “solidariedade” entre os representantes populares. “Geralmente são feitas várias autocríticas e os problemas são percebidos de acordo com a necessidade de cada bairro; dando prioridade, por estes mesmos delegados, à resolução de problemas de outras áreas, devido à urgência”, revela.

 (Foto: Alejandro Zambrana)

Renê Tavares, um dos delegados, acredita que a transparência nas ações municipais é importante para que a população possa acompanhar as ações realizadas pela Prefeitura. "Através do Orçamento Participativo, a Sepp nos dá uma grande abertura para sugerir ações e nos faz enxergar de verdade o trabalho sério que o governo municipal vem fazendo", afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário