quarta-feira, 22 de junho de 2011

Talento da terra é valorizado no Forró Caju

Criado há 18 anos, o Forró Caju já se consolidou como uma das maiores festas populares do Brasil. O evento, que atrai milhares de turistas à capital sergipana, integra a lista dos maiores festejos juninos do país, ao lado das tradicionais cidades de Campina Grande, na Paraíba, e Caruaru, em Pernambuco.

O segredo do sucesso do Forró Caju está na combinação de tradição, boa música e organização, além do caráter democrático da festa, já que os shows são gratuitos e abertos ao público. Mas um outro detalhe pode ser apontado como uma das grandes razões para o crescente êxito do evento: a valorização da música local.

Foto: André Moreira

O Estado de Sergipe é uma fábrica incansável de talentos musicais. E quando o assunto é forró, ritmo tipicamente nordestino, um grande balaio composto por cantores, sanfoneiros, zabumbeiros, trios pé de serra, entre centenas de outros músicos, se destaca nos palcos da praça Hilton Lopes, para a admiração de aracajuanos e turistas.

Este ano, do total de 133 atrações que se apresentam no Forró Caju, 117 são cantores ou bandas locais. Ou seja, os artistas da terra compõem aproximadamente 88% de toda a programação da festa. Ao priorizar a música local, o prefeito Edvaldo Nogueira defende a importância de disseminar a cultura sergipana para todo o país.

"O nosso foco é privilegiar o artista local e abrir espaço para que ele divulgue sua música. Assim, valorizamos a cultura nordestina e consolidamos ainda mais o Forró Caju como uma grande festa. Trazemos bandas que fazem sucesso no país inteiro para que o público de fora se sinta atraído, mas quando ele chega, acaba conhecendo as nossas atrações, volta para sua terra e divulga a nossa cultura", garante o prefeito.

Reconhecimento

Todos os anos, atrações de renome nacional dividem o palco com artistas sergipanos já consagrados e novos talentos do cenário local. Para o cantor, compositor e sanfoneiro Erivaldo de Carira, a iniciativa de priorizar os músicos sergipanos em festas de repercussão nacional, como o Forró Caju, não só estimula o trabalho do artista como também contribui para o engrandecimento da cultura sergipana.

Foto: André Moreira

“Atualmente, o artista sergipano dispõe de muito mais espaço para divulgar sua música. E a divulgação da nossa música cresce cada vez mais graças aos incentivos e à realização de festas de grande porte como o Forró Caju, que é uma das melhores do país", afirma o forrozeiro. "Este ano, cerca de 90% dos músicos que fazem parte da Associação Salve foram convidados a tocar na festa. Isso significa a valorização do nosso trabalho e o reconhecimento de nossos esforços", complementa Erivaldo de Carira.

Valorização

Presença confirmada há 10 anos no Forró Caju, a cantora Joésia Ramos concorda com Erivaldo. "Nós temos de longe o melhor São João do Brasil. Por isso que é muito bom ver que a nossa música é cada vez mais valorizada e disseminada entre pessoas de várias partes do país. A cada ano fico mais feliz em participar dessa festa", anima-se Joésia.

Acompanhe: @EAju
http://www.youtube.com/eajucom
http://www.aracaju.se.gov.br/forrocaju2011

Programação completa: http://vai.la/22gF
Apresentação à imprensa: http://vai.la/22gG

Nenhum comentário:

Postar um comentário