sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Tratamento fitoterápico nas unidades de saúde

Quem não conhece alguma receita caseira para tratar as doenças com plantas e ervas medicinais? Capim santo como calmante natural; chá de hortelã, para problemas digestivos; citronela para afastar o mosquito da dengue. São inúmeras as possibilidades oferecidas pela fitoterapia, que consiste em um tratamento natural caracterizado pela utilização de plantas medicinais, em suas diferentes preparações, para tratamento ou prevenção de doenças.
Foto: Alejandro Zambrana

A prática está autorizada nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) e a medida, foi regulamentada por meio de portaria do Ministério da Saúde, tem apresentado resultados positivos com adesão cada vez maior entre os profissionais da saúde. Hoje, em Aracaju, cinco Unidades de Saúde da Família (USF) já utilizam a fitoterapia no combate e prevenção de doenças e os resultados tem sido positivos. As Unidades que trabalham tratamento alternativo são: USF Geraldo Magela, no conjunto Orlando Dantas; Unidade Ávila Nabuco, no conjunto Médici; Irmã Caridade, no Aloque; Madre Tereza de Calcutá, na Jabotiana e Unidade Manoel de Souza Pereira, no conjunto Sol Nascente.

Foto: Ascom/SMS

De acordo com o vice- prefeito de Aracaju e secretário municipal de Saúde, Silvio Santos, a oferta será ampliada em breve. "Temos relatos de pacientes que preferem o tratamento alternativo com plantas e os resultados são extremamente satisfatórios. Estamos trabalhando para ampliar a oferta e oferecer, além do tratamento convencional, a alternativa de utilizar as plantas. Nosso objetivo é ofertar o tratamento fitoterápico em todas as Unidades de Saúde", comenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário