quinta-feira, 26 de julho de 2012

Ação educativa celebra Dia do Motociclista

Em comemoração ao Dia do Motociclista, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) realiza amanhã(27), um comando educativo na avenida Beira Mar, em frente ao mirante do bairro 13 de Julho, às 7h. A ação conta com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRV) e Grupo Especial Tático de Motos (Getam).

Foto: Cleverton Ribeiro

Durante a mobilização, os motociclistas serão parados e receberão informações sobre a importância do uso adequado dos equipamentos de segurança, do respeito ao limite de velocidade e da sinalização de trânsito. O intuito é alertar os motociclistas sobre os altos índices de acidentes que vêm ocorrendo com veículos de duas rodas nas vias da cidade. No mesmo dia, às 19h, na Igreja do bairro Santa Lúcia, será celebrada a ‘Missa do Motociclista’, pelo padre Peixoto.


Acidentes

De acordo com o coordenador de trânsito de Aracaju, major Paulo Paiva, os motociclistas são as principais vítimas de acidentes de trânsito ocorridos na capital. “A moto é um veículo muito vulnerável, já que o motociclista não dispõe de uma proteção ao seu redor. Em qualquer acidente este condutor é projetado, podendo sofrer graves lesões e até morrer”, explica.


Dados recolhidos pela SMTT apontam que em 2011, 52% das vítimas fatais em acidentes de trânsito em Aracaju estavam em veículos de duas rodas. Somente nos seis primeiros meses de 2012, 48 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito na capital, entre as quais 45% conduziam ou eram passageiros de veículos de duas rodas.

Brasil

Segundo pesquisa realizada sobre violência no trânsito pelo Instituto Sangari, o Brasil é o segundo país do mundo em vítimas fatais em acidentes envolvendo motocicletas. Ao todo são 7,1 óbitos para cada grupo de 100 mil habitantes.


O estudo aponta que nos últimos 15 anos a taxa de mortalidade entre motociclistas aumentou 846,5%. No país a frota chega a 18,5 milhões de motos, o que representa um crescimento de 246% nos últimos 10 anos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário