quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

João Alves toma posse como prefeito de Aracaju



Foto:André Moreia


 A capital sergipana inicia o ano novo sob nova administração. Após quase quatro décadas desde que foi prefeito de Aracaju pela primeira vez, o Democrata João Alves Filho, volta a administrar a cidade. Eleito com mais de cinqüenta e dois por cento dos votos em 07 de outubro de 2012, João Alves promete realizar um trabalho ético na prefeitura.

A cerimônia de posse teve início na manhã de 1º de janeiro com uma missa em Ação de Graças celebrada pelo arcebispo da capital, Dom José Palmeira Lessa. Ao final da tarde políticos, empresários e populares ocuparam o auditório do Palácio Tobias Barreto, sede do Tribunal de Justiça do Estado, para acompanhar a solenidade e assinatura do termo de posse.

Em seu discurso, João lembrou da época em que foi convidado a assumir a prefeitura da capital. "Aracaju se modernizou e eu me mordenizei também. Há 38 anos era tudo diferente. Eram pouco mais de 200 mil habitantes e quase não haviam avenidas. Ajudamos a construir Aracaju".


João pediu o apoio da sua base na Câmara Municipal, que conta com 14 dos 24 vereadores eleitos, a fim de que se possa fazer uma administração limpa e mais cidadã. "Meu sonho e meu compromisso com vocês é que façamos de Aracaju um lugar onde se valha a pena morar. Cobrem de mim trabalho", afirmou.

Após realizar a revista da Guarda Municipal, João se pôs à vontade para dialogar um pouco mais com o público que acompanhou a solenidade na praça Fausto Cardoso. Em mangas de camisa, o prefeito garantiu que não fará uma gestão de gabinete. "Vocês têm um amigo. Vocês terão acesso a mim. Não ficarei no gabinete, mas estarei nas ruas acompanhando a vida dos aracajuanos".


O vice-prefeito da capital, José Carlos Machado, também empossado na solenidade, assegurou que trabalhará com afinco ao lado de João e que estará sempre a postos quando for chamado. Para ele a maior prioridade da nova administração é a saúde. "A sociedade tem urgência em muitos setores, que são importantíssimos, porém, teremos uma atenção especial com a saúde do povo", declarou.

Após o discurso de João, o ex-prefeito, Edvaldo Nogueira (PCdoB), encerrou a solenidade transmitindo o cargo ao atual prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário