terça-feira, 11 de setembro de 2012

Oito mil mudas por mês no Horto Florestal de Aracaju

Por Illton Duarte
E-Aju/Secom PMA

As plantas embelezam a cidade; são coloridas e de vários tamanhos. Mas o que muita gente não sabe é que elas são produzidas aqui mesmo em Aracaju, no Horto Municipal da Emsurb, que funciona no parque Governador Augusto Franco, mais conhecido como Parque da Sementeira, Zona Sul da capital.

 Fotos: Illton Duarte

A engenheira agrônoma Fernanda Matos explica a importância do Horto para a cidade e como é feito o processo de adubação das mudas no local. “É daqui que saem todas as árvores que são plantadas nas áreas públicas da cidade, como também as plantas ornamentais que fazem o embelezamento dos canteiros centrais. Já o processo de adubação é realizado com a utilização de terra preta, esterco de curral curtido, adubo químico e a compostagem que produzida no aterro sanitário no bairro Santa Maria.


O horto florestal atua também como um laboratório para o desenvolvimento de tecnologias, para germinação de sementes e propagação de espécies. No local são produzidas cerca de oito mil mudas por mês, entre espécies ornamentais e nativas oriundas da Mata Atlântica. São mais de 20 profissionais capacitados nas diferentes áreas de jardinagem.

Dona Maria José, de 64 anos, trabalha no horto municipal há 15 anos, e bem perto da aposentadoria revela o prazer de trabalhar em contato direto com a natureza. “Meu trabalho aqui é muito bom, não quero outra coisa! Trabalho todos os dias enchendo bolsinhas de terra. Mas o que me dá prazer mesmo é esse contato com as plantas e com a natureza. Quero me aposentar fazendo esse trabalho aqui”.


A Emsurb mantem o projeto ´Plantando Cidadania´, que tem como objetivo arborizar a capital e garantir ainda mais a qualidade de vida aos aracajuanos. O acesso é livre paraqualquer pessoa que queira visitar o local, com exceção de escolas, que precisam realizar agendamentos.


Para quem deseja ter uma árvore em casa, a Emsurb faz a distribuição de forma gratuita, dando o suporte necessário para o plantil. “Qualquer pessoa pode vir aqui e nos procurar para saber qual é procedimento. Depois a gente vai até o local para saber qual o tipo de árvore que pode ser plantado no local”, finaliza a Fernanda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário