terça-feira, 27 de novembro de 2012

Campanha contra o crack

Por Anike Lamoso 
E-Aju/Secom PMA

Com o objetivo de oferecer às famílias orientações e subsídios técnicos para o enfrentamento à dependência química, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc) irá lançar uma campanha contra o crack, que terá como locais de execução os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e entidades conveniadas da rede socioassistencial.


Foto: Ascom/Semasc

A campanha será focada na cartilha ´Deixe eu falar sobre crack´, que trará três versões, cada uma delas com uma abordagem específica para cada público. Uma para a criança e o adolescente, com uma linguagem mais compreensível; outra para a família, pois a presença da família é importante durante todo o processo de tratamento da pessoa que apresenta dependência e fundamental também na etapa da reinserção social do ex-usuário de crack; e uma terceira para o educador social. 

Dentre os assuntos abordados na cartilha estão: a história do crack, o modo como ele se popularizou, as consequências do uso do crack a médio e longo prazo, as consequências sociais do consumo da droga, o que faz uma pessoa consumir crack, por que não é preciso ter medo de procurar ajuda, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário